Quinta-Feira
20 de Junho de 2024
Dia do Revendedor  
 
  O quê procura? 
Usuário:  
Senha:  
esqueceu os dados?
cadastre-se gratuitamente
Pensamento
do dia:
"Quando você vai em busca do mel, pode esperar ser picado por abelhas!"
(Kenneth Kaunda)
  Inicial
  A Cidade
  Turismo
  
  NOTÍCIAS
  CONCURSOS
  SAÚDE
  ESPORTES
  CANAL JURÍDICO
  DIÁRIO OFICIAL
  ATAS CÂMARA
  FALECIMENTOS
  AGENDA
  
  Classificados
  Empresas/Serviços
  
  Telefone/Operadora
  
  CEP - superCEP
  Colunistas
  Culinária
  Diversão & Lazer
  Pensamentos
  Piadas
  Telefones
  Torpedos





publicidade




publicidade




publicidade




publicidade




publicidade


Guia de
Empresas
e Serviços

cadastre
grátis

A CidadeHistória da Cidade /
Das Sesmarias à Emancipação

Os primeiros habitantes desta região foram os índios Guaianases. Estes índios foram sendo empurrados para fora da região, à medida em que o homem "branco" se instalava no interior. As terras, cobiçadas por posseiros, tiveram a posse legalizada através de sesmarias. No território atual do município estruturavam-se 3 áreas de sesmarias:

¤ Sesmaria do Pinhal, de 1781, demarcada em 1831 por Carlos José Botelho (o Botelhão). Compreendia a atual parte sul da cidade;
¤ Sesmaria do Monjolinho, ocupada irregularmente no começo do século, foi regularizada por carta de doação de 1810, concedida a Felippe de Campos Bicudo. Atualmente, atingiria a parte norte da cidade;
¤ Sesmaria do Quilombo, também surgida de posse irregular, regularizada somente em 1812 a pedido do posseiro, vigário de Piracicaba, Pe. Manuel Joaquim do Amaral Gurgel. Englobava a atual região do Distrito de Santa Eudóxia.

Os lavradores assentados nestas terras eram políticos importantes, tanto que o principal deles, o velho Botelhão, foi o primeiro presidente da Câmara de Vereadores da vila de São Bento de Araraquara (atual Araraquara). Havia, portanto, interesse em fazer surgir um núcleo urbano próximo às suas fazendas.

Em 1851 uma área do patrimônio foi reservada pelo velho Botelhão para a capela de São Carlos. Em fins de 1855, seu filho e sucessor, Antonio Carlos de Arruda Botelho (futuramente, Conde do Pinhal) traçou o pátio da futura capela e o eixo central da cidade, futura Avenida São Carlos.

Pelos dois anos consecutivos a Câmara de Araraquara passou a fazer doações gratuitas de datas de terras para quem se comprometesse a se fixar nesse novo núcleo urbano. A posse do terreno custava apenas o selo de 200 réis, obrigatório na carta de data.

A primeira capela começou a ser construída em 1856, com material doado pelos condôminos das Sesmarias, e mão-de-obra escrava; em dezembro de 1857 a imagem de São Carlos Borromeu foi levada da Fazenda do Pinhal até a capela, sendo rezada a primeira missa na povoação.

Em 1857 foi criado o Distrito de Paz e a Subdelegacia de São Carlos do Pinhal. Em 1865 tornou-se vila, e em 1880 foi elevada a cidade. A denominação da comarca, município e distrito de paz de São Carlos do Pinhal foi mudada para a de São Carlos, pela lei nº. 1158 de 20 de dezembro de 1908.

Os trabalhos que produziram o vídeo "Presença do Negro em São Carlos" e esta versão hipertexto tiveram suporte da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo (USP) e da Comissão de Cultura e Extensão Universitária do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP - São Carlos (ICMC-USP).

Os dados sobre o período escravocrata foram baseados no "Inventário Analítico: A escravidão em São Carlos" do Prof. Álvaro Rizzoli, do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com material e documentos cedidos pelo autor.

Relação de Feriados e Pontos Facultativos
:: Eventos/Agenda
:: Mais lidas
» Publicidade





 
 

indique nosso site

adicione em seu Favoritos

defina como sua página inicial

| QUEM SOMOS | PUBLICIDADE | FALE CONOSCO | PRIVACIDADE | REGRAS |

| BLACK FRIDAY PROMOÇÕES | DIA DO CONSUMIDOR PROMOÇÕES | CYBER MONDAY PROMOÇÕES |
| BOXING DAY PROMOÇÕES | BLACK DECEMBER PROMOÇÕES |
| GERADOR DE CUPONS |

São Carlos Oficial é um serviço desenvolvido e oferecido por StrZero Soluções Digitais.

Copyright© 2024 - StrZero Soluções Digitais.
Todos direitos reservados. All rights reserved.