Sábado
15 de Dezembro de 2018
 
 
  O quê procura? 
Usuário:  
Senha:  
esqueceu os dados?
cadastre-se gratuitamente
Pensamento
do dia:
"Precisamos aprender a ter humildade e tranqüilidade para saber que podemos sobreviver em qualquer circunstância!"
(Paulo Coelho)
  Inicial
  A Cidade
  Turismo
  
  NOTÍCIAS
  CONCURSOS
  SAÚDE
  ESPORTES
  CANAL JURÍDICO
  DIÁRIO OFICIAL
  ATAS CÂMARA
  FALECIMENTOS
  AGENDA
  
  Classificados
  Empresas/Serviços
  
  Telefone/Operadora
  
  CEP - superCEP
  Colunistas
  Culinária
  Diversão & Lazer
  Pensamentos
  Piadas
  Telefones
  Torpedos





publicidade




publicidade




publicidade




publicidade




publicidade


Guia de
Empresas
e Serviços

cadastre
grátis

/ Notícias
Notícias
MPT denuncia Prefeitura após ação do SINDSPAM durante crise no transporte público

clique para visualizarSindspam
5 de Dezembro de 2018

O Ministério Público do Trabalho por meio do Procurador do Trabalho, Rafael de Araújo Gomes da Procuradoria do Trabalho de Araraquara, acatou denúncia do Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos (SINDSPAM) e instaurou inquérito civil contra a Prefeitura Municipal de São Carlos, por conta da municipalidade não ter concedido vale-transporte para os servidores públicos municipais, durante a intervenção que a própria Prefeitura fez na empresa que tinha a concessão do transporte público municipal. Em janeiro de 2018 o sindicato encaminhou ofício ao Prefeito Municipal Airton Garcia requerendo que fosse abonado os atrasos e eventuais faltas dos servidores em razão da intervenção e em razão de referida intervenção naquele dia e em alguns dias posteriores não circulou ônibus na cidade.

Não obstante ao grave problema, após o interventor nomeado pelo prefeito conseguir fazer alguns poucos ônibus (alguns falam em 30% da frota necessária), a empresa que administrava a recarga dos cartões do Vale Transporte se recusou a realizar a recarga dos cartões utilizados como Vale Transporte pelos servidores. Em fevereiro o SINDSPAM encaminhou novo ofício ao prefeito para que o mesmo determinasse que fosse abonado os atrasos e eventuais faltas dos servidores que se utilizavam do Vale Transporte, bem como solicitou que a medida fosse estendida até a regularização/normalização do fornecimento do Vale Transporte. Ocorreu que a Administração não conseguiu regularizar a situação e para piorar realizou o desconto do Vale Transporte dos salários dos servidores que sequer tiveram a recarga realizada em seus cartões. O Ministério Público após receber a denúncia do SINDSPAM, intimou a Prefeitura Municipal para prestar informações que na época afirmou que o problema já teria sido regularizado, e que o mesmo foi causado pelo comportamento da empresa que administrava o cartão do vale-transporte. Este problema persistiu no período entre 23 de janeiro a 01 de abril (período que durou a intervenção).

A Prefeitura foi intimada a comprovar a aplicação de sanções contratuais à empresa administradora do cartão que gerou injustificadamente, tamanho transtorno ao ente público e seus funcionários. O Ministério Público solicitou para que a Administração narrasse os passos que foram tomados para a substituição da empresa. Na resposta a Secretaria Municipal de Transporte, informou que o Município não teria aplicado nenhum tipo de sanção à empresa.

O Ministério Público ainda questionou a Prefeitura para que ela comprovasse o abono dos atrasos e faltas no período reconhecido em sua resposta, relativamente a tais servidores.

Em resposta a Secretaria Municipal de Administração, informou que não concedeu nenhum tipo de abono das faltas justificadas. Tal postura foi assumida apesar de o Município ter, simultaneamente, apresentado documentos confirmando que numerosos trabalhadores usavam vale transporte e que não tinham saldo suficiente no cartão/vale transporte.

O Departamento Jurídico do SINDSPAM, ainda informou ao MP que a Administração chegou a sugerir para que os servidores adquirissem por meios próprios 50 passes na loja da empresa que operava o serviço na cidade e que apresentasse um recibo oficial para ser reembolsado. Tal prática é vedada pela legislação. Outra sugestão dada pela Administração era a de que o SINDSPAM auxiliasse os servidores que não tivessem recursos financeiros para aquisição dos 50 passes, emprestando o dinheiro aos mesmos.

Os documentos que foram apresentados pela Prefeitura confirmaram que ela se limitou a providenciar o reembolso de dinheiro a servidores que seguiram sua “solução”, não tendo abonado as faltas dos que não seguiram tal imposição. Após ouvir as partes o Ministério Público constatou que de fato os servidores foram prejudicados pela falta do fornecimento do vale transporte. “Ora, o não fornecimento deliberado do vale-transporte pelo Município restou evidente, eis que confirmado pelo próprio Município, em suas manifestações e anúncios aos meios de comunicação.

Ao deixar de fornecer os vales-transportes durante todo o período de  intervenção da empresa de transporte coletivo (23/01/2018 a 01/04/2018), o Município não apenas sonegou direito legalmente reconhecido, como repassou ao trabalhador um custo que não é dele, mas do empregador. Premidos por condições economicamente desfavoráveis, muitos trabalhadores aceitaram, pelo que se vê, as condições impostas pelo Município, de arcar com o vale-transporte, e acabaram financiando do próprio bolso a manutenção do contrato de emprego. Conclui-se que o Município violou os dispositivos legais supracitados, na medida em que não forneceu os vales-transportes suficientes para o deslocamento dos empregados entre residência-trabalho e vice-versa, bem como efetuou descontos salariais indevidos, enquanto estes não receberam o vale-transporte e não conseguiram chegar ao trabalho.

Do mesmo modo, incorreu na violação quando transmitiu aos trabalhadores a responsabilidade em arcar com tais custos, constrangendo os funcionários a adquirir passagens por conta própria (não sopesando se teriam ou não recurso para isso), e, como se não bastasse, pretendeu interferir na liberdade sindical e administração do sindicato, buscando junto aos meios de comunicação lançar mácula sobre o ente sindical por não ter este aceitado suportar o ônus financeiro que é do empregador”, citou o Ministério Público em seu despacho.

Na ação proposta o Ministério Público do Trabalho está pedindo a condenação da Prefeitura  Municipal e que cumpra às seguintes obrigações:

a) assegurar aos servidores públicos municipais o vale-transporte, sempre que atingidas as condições legais para o benefício, para custeio das despesas de deslocamento residência-trabalho e vice-versa, de modo a contemplar todo o percurso percorrido, em conformidade com o art. 4º da Lei nº 7.418/85 e art. 2º do Decreto nº 95.247/87, sob pena de multa diária no valor de R$2.000,00 (dois mil reais), por trabalhador atingido;

 b) na eventualidade de ocorrer motivo imprevisível, alheio à vontade e ao comportamento do réu, que gere obstáculo transitório à utilização do vale-transporte pelos servidores municipais, reconhecer como justificada a falta ao labor do servidor que utiliza vale-transporte para deslocamento da residência ao trabalho e vice-versa, sob pena de multa de R$5.000,00, por trabalhador e por dia objeto de desconto salarial indevido;

c) abonar no prazo de 30 dias as faltas ao trabalho no período de 23/01/2018 a 01/04/2018 de todos os servidores municipais que fazem uso do vale-transporte e não dispunham de crédito suficiente no cartão para deslocamento ao trabalho e retorno à residência em todo esse período, sob pena de multa diária de R$5.000,00, por trabalhador;

d) pagar aos trabalhadores que se enquadrem na hipótese referida no item “c” acima, mas que se encontrem, à época da execução neste feito, removidos dos quadros do Município (sem que até a data da extinção do contrato tivessem as faltas sido abonadas), quantia equivalente a um dia de salário por falta não abonada no período mencionado;

e) indenizar o dano moral coletivo mediante o pagamento de quantia não inferior a R$50.000,00 (cinquenta mil reais), valor que deverá ser destinado a projetos, iniciativas e/ou campanhas que revertam em benefício dos trabalhadores coletivamente considerados em municípios abrangidos pela circunscrição desta Vara do Trabalho, a serem especificados em liquidação, mediante indicação pelo Ministério Público do Trabalho e aprovação por este Juízo.

f) o deferimento, em sentença condenatória, da tutela provisória relativamente aos pedidos de letras “a” e “pb” supra, para cumprimento imediato, sob pena de multa, a contar da intimação.

g) a citação do reclamado para, querendo, comparecer à audiência e nela apresentar a defesa que tiver, com o regular processamento do feito, até seu final, julgando-se os pedidos totalmente procedentes.

A data da audiência na Justiça do Trabalho ainda não foi marcada.

Imagens relacionadas:

   
 
Compartilhe essa notícia
Faça um comentário
sobre esta notícia
    Envie/indique esta
notícia por email
 
         

publicidade
1
2
3
4
5
6
slide


:: Últimas Notícias
Novo Presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina
General Pacheco, 12 de dezembro de 2018 – O Grupo Volkswagen Argentina anuncia que Thomas Zahn será o novo Presidente e CEO da Volkswagen Argentina, a partir de janeiro de 2019. Thomas ...
Evento apresenta Plano de Internacionalização da pós-graduação da UFSCar
Nesta quinta-feira, dia 13 de dezembro, acontece a cerimônia de divulgação do Plano Estratégico de Internacionalização (PEI) da UFSCar ...
Pesquisa avalia rigidez arterial em portadores de diabetes
Uma pesquisa realizada no Laboratório de Fisioterapia Cardiopulmonar (Lacap) da UFSCar tem por objetivo avaliar a saúde das artérias de indivíduos diagnosticados com ...
Professor da UFSCar lança livro que aborda a fala em pessoas com autismo
Na próxima terça-feira, dia 18 de dezembro, será realizado em São Paulo o lançamento do livro "ABA: Ensino da fala para pessoas com autismo" (Edicon), de ...
ACISC realiza quarto sorteio de vales-compras da promoção de Natal
A Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) realizou nesta quinta-feira (13), às 10h, o quarto sorteio de vales-compras da promoção ...
Aprovada destinação de recursos para “Sala Cirúrgica Inteligente” proposta por Julio Cesar
A Câmara Municipal de São Carlos aprovou na última terça-feira (11), em sessão plenária, a destinação de recursos para a compra de equipamentos ...
Após solicitação do vereador Elton Prefeitura realiza melhorias na Quinta da Felicidade
Na tarde desta quarta-feira (12) a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos realizou melhorias nas estradas do bairro Quinta da Felicidade. As atividades ...
Aprovada lei de Robertinho Mori que prevê semáforo em amarelo piscante entre 23h e 5h
Foi aprovado na sessão plenária da Câmara Municipal desta terça-feira (12) o projeto de lei do vereador Robertinho Mori – foto – que dispõe sobre o ...
Setenta e dois alunos são certificados pelo Fundo Social
A Prefeitura de São Carlos, por meio do Fundo Social de Solidariedade, entregou nesta terça-feira (11), os certificados dos cursos de Padaria Artesanal, Manicure e Pedicure, Corte e ...
Prefeitura abre Processo Seletivo para Médicos e Psiquiatras
A Prefeitura Municipal de São Carlos, por meio da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal, abriu nesta quarta-feira (12), as inscrições para o ...
Iguatemi São Carlos é eleito a 3ª melhor empresa para trabalhar no Brasil
O Shopping Iguatemi São Carlos está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil. Inscrito pela primeira vez, o empreendimento ocupou a 3ª colocação ...
Hoje é o último dia do sinal analógico em São Carlos e mais 394 cidades da região do interior de São Paulo
A Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável pelo processo de migração do sinal de TV no Brasil, informa que às 23h59 desta ...
Fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté celebra 7 milhões de veículos produzidos em 40 anos
A unidade é responsável pela produção dos modelos Gol, Voyage, up! e cross up! O 1º veículo completo produzido na fábrica foi o Passat, em dezembro de ...
UFSCar cria purificador para acesso à água potável em locais remotos
A falta de acesso a água potável é um problema grave em todo o mundo, com 2,1 bilhões de pessoas - 3 em cada 10 - sem serviços de abastecimento que levem ...
UFSCar lança campanha para resgatar a história de seus 50 anos
No último dia 23 de novembro, na ocasião do IV Seminário de Política de Informação e Memória, a UFSCar lançou oficialmente a campanha "Doe ...
ACISC realiza terceiro sorteio de vales-compras da promoção de Natal 2018
A Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) realizou nesta quarta-feira (12), às 10h, o terceiro sorteio de vales-compras da promoção de Natal ...
ACISC participa de lançamento de Estúdio de Vidro na Praça do Mercado
No último sábado (8), o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), José Fernando Domingues, participou do lançamento do ...
Rodson participa da abertura da I Semana de Economia Solidária
O vereador Rodson Magno do Carmo (PSDB) participou na noite desta segunda-feira (10) da abertura da I Semana de Economia Solidária de São Carlos, ocorrida no plenário da ...
Lucão Fernandes é eleito presidente da Câmara Municipal para o biênio 2019-2020
A partir da primeira sessão plenária de 2019, a Câmara Municipal terá um novo presidente. Foi eleito nesta terça-feira (11), na última sessão ...
Resumo da sessão plenária desta terça-feira, 11 de dezembro
Na 40ª sessão e última sessão ordinária de 2018, sob a presidência do vereador Julio Cesar, a Câmara Municipal aprovou nesta terça-feira (11), um ...
pesquisar notícias + MAIS NOTÍCIAS


Relação de Feriados e Pontos Facultativos
:: Eventos/Agenda
:: Mais lidas
Iguatemi São Carlos é eleito a 3ª melhor empresa para trabalhar no Brasil
Fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté celebra 7 milhões de veículos produzidos em 40 anos
Evento apresenta Plano de Internacionalização da pós-graduação da UFSCar
Pesquisa avalia rigidez arterial em portadores de diabetes
Julio Cesar cobra melhorias em área de exames para habilitação na Vila Prado
Prefeitura alerta para golpe do IPTU - Dezembro/2018
Reunião na promotoria define calendário de fiscalização das entidades que atendem idosos em São Carlos
Após solicitação do vereador Elton Prefeitura realiza melhorias na Quinta da Felicidade
Aprovada destinação de recursos para “Sala Cirúrgica Inteligente” proposta por Julio Cesar
Recape: Nova fase contempla várias regiões da cidade - Dezembro/2018
Prefeitura abre Processo Seletivo para Médicos e Psiquiatras
Confira as imagens da Meia Maratona Água Vermelha-Santa Eudóxia realizada no último domingo
SIBI recebe indicação de emenda de R$450 mil de Lobbe Neto
ACISC participa de 1º Feirão de Negociação de Dívidas e atende consumidores com dívidas no comércio
Saúde entrega novos jalecos para servidores das UPA's
Após pedido do vereador Moisés Lazarine faixa de pedestres é implantada na Avenida Dr José Reali
UFSCar lança catálogo online de cursos de pós-graduação lato sensu
Vigilância Epidemiológica orienta sobre a prevenção de acidentes com escorpiões
Comércio de São Carlos começa a funcionar em horário especial
Prefeitura inicia recuperação de Galeria de Água Pluvial na rua Episcopal
» Publicidade





 
 

indique nosso site

adicione em seu Favoritos

defina como sua página inicial

| QUEM SOMOS | PUBLICIDADE | FALE CONOSCO | PRIVACIDADE | REGRAS |

| BLACK FRIDAY PROMOÇÕES | DIA DO CONSUMIDOR PROMOÇÕES | CYBER MONDAY PROMOÇÕES |
| BOXING DAY PROMOÇÕES | BLACK DECEMBER PROMOÇÕES |
| GERADOR DE CUPONS |

São Carlos Oficial é um serviço desenvolvido e oferecido por StrZero Soluções Digitais.

Copyright© 2018 - StrZero Soluções Digitais.
Todos direitos reservados. All rights reserved.