Segunda-Feira
28 de Setembro de 2020
Dia da Lei do Ventre Livre.Dia da Mãe Preta  
 
  O quê procura? 
Usuário:  
Senha:  
esqueceu os dados?
cadastre-se gratuitamente
Pensamento
do dia:
"Quanto mais contemplamos o céu noturno mais estrelas descobrimos: quanto mais observamos uma criança mais desapontados ficamos: que mistério!"
(Desconhecido)
  Inicial
  A Cidade
  Turismo
  
  NOTÍCIAS
  CONCURSOS
  SAÚDE
  ESPORTES
  CANAL JURÍDICO
  DIÁRIO OFICIAL
  ATAS CÂMARA
  FALECIMENTOS
  AGENDA
  
  Classificados
  Empresas/Serviços
  
  Telefone/Operadora
  
  CEP - superCEP
  Colunistas
  Culinária
  Diversão & Lazer
  Pensamentos
  Piadas
  Telefones
  Torpedos





publicidade




publicidade




publicidade




publicidade




publicidade


Guia de
Empresas
e Serviços

cadastre
grátis

/ Notícias
Notícias
USP se integra à rede das sete principais universidades do mundo relacionadas à Economia Circular
A instituição passou a fazer parte do grupo Universidades Pioneiras da Fundação Ellen MacArthur

USP
18 de Setembro de 2016

Um novo modelo econômico, com novas oportunidades de negócios, produtos multifuncionais, serviços colaborativos, maior valor agregado ao bem e contribuições significativas para a sustentabilidade social, econômica e ambiental.

Por trás dessa atrativa proposta está o conceito de econômica circular, que a partir de agora ganha projeção nas atividades de ensino, pesquisa e extensão da Universidade de São Paulo (USP). Na última semana, foi celebrado contrato entre a USP e Ellen MacArthur Foundation (EMF), com o objetivo de difundir e acelerar a transição para esse modelo sistêmico, baseado em abordagens pioneiras e inovadoras que envolvem empresas, governo e sociedade. A USP passa a integrar o seleto grupo Pioneer Universities, ao lado de outras seis relevantes instituições de ensino superior da Europa e Estados Unidos. “Nossa Fundação é uma rede de apoio, e a USP entra para colaborar como um ativo, liderando debates, fazendo pesquisas e capacitando pessoas, através desse modelo de pensamento. Vimos na USP a universidade com maior potencial para ser um agente catalisador dessa mudança, no Brasil e na América Latina”, afirmou Jo Miller, gerente do Programa de Educação Superior da EMF.

A universidade, única do hemisfério sul do planeta a ser integrada na rede, terá quatro grandes objetivos nos próximos três anos:

- criar uma comunidade de pesquisa e desenvolvimento de conhecimento para uma economia circular multidisciplinar, nas seguintes áreas de conhecimento: Engenharia; Economia; Gestão; Negócios e Administração; Lei; Agricultura e Ciências Florestais; Ciências Sociais; Biologia; Física; Matemática e Ciências da Computação; Arquitetura; Planejamento Urbano e Regional;

- integrar conteúdos de economia circular em cursos de graduação e pós-graduação;

- desenvolver programas de educação, nessa temática, para a sociedade

- e apoiar técnica e cientificamente a investigação, inovação e transferência de conhecimento para a sociedade.

Planejar as ações

Entre os dias 5 e 6 de setembro, representantes da EMF e mais de 60 docentes da USP participaram, na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), de um workshop de planejamento. Antes, o diretor de Inovação da EMF, Ken Webster, apresentou uma visão geral sobre o tema, em um seminário aberto a toda comunidade. “A economia circular é uma estrutura de pensamento, que envolve as ciências contemporâneas e o trabalho colaborativo. O papel da USP será o de influenciar o debate nas mais diferentes áreas, acerca de um modelo de produção e de consumo que seja mais coerente com o Século 21. Não é uma corrida; é preciso refletir, internalizar o conceito e só depois partir para a ação”, afirmou.

Para o professor Aldo Roberto Ometto, da EESC, e coordenador das atividades na USP, o seminário de abertura superou as expectativas, com presença de representantes de universidades, empresas, governo, promotoria do meio ambiente e ONGs. Já no workshop, foram discutidos conceitos, bases filosóficas e as possibilidades de abordagem e aplicação do tema na Universidade, dentro de um processo de construção coletiva.

Segundo ele, a partir da formatação das oportunidades refletidas nesses dois dias, será estabelecido um cronograma de ações e atividades. “Na graduação, objetivamos incluir essa temática de acordo com a especificidade de cada curso, de cada unidade. Na pesquisa, foram discutidas formas de colaboração e temas estratégicos de estudo e, na área de extensão, estratégias para levar essa nova visão à sociedade e às empresas, tendo o governo e outras organizações como ponte”. Ele destacou, ainda, que a iniciativa tem total apoio dos órgãos centrais, como reitoria, pró-reitorias e agências de inovação e cooperação internacional.   .

Há dois anos, o grupo de Engenharia e Gestão do Ciclo de Vida do Produto, do Departamento de Engenharia de Produção, liderado pelo professor Ometto, teve seu primeiro contato com a EMF, durante um projeto  com a Universidade Técnica de Berlin. De acordo com Ometto, nesse período, a Fundação pode perceber que já estavam sendo desenvolvidas aqui diversas atividades de ensino, pesquisa e extensão e que vinham ao encontro da proposta da EMF. Ele acredita que isso também tenha contribuído para a efetividade do convênio. “Nos diversos eixos, mostramos que a EESC já estava engajada e, ao ampliar isso para a USP, teríamos um aumento exponencial do potencial, sobretudo, com diversidade e profundidade. Agora estamos com uma grande responsabilidade, numa área de fronteira do conhecimento e com importantes questões econômicas, sociais e ambientais, a serem trabalhadas a partir das características e necessidades do Brasil”.

O conceito

Extrair, transformar, descartar. Assim funciona o atual modelo linear de produção e consumo de bens, no qual se tem, de um lado, uma excessiva exploração dos recursos naturais para obtenção e processamento da matéria-prima e, de outro, subutilização e subaproveitamento de produtos que já nascem com sua obsolescência planejada.

A economia circular, por sua vez, prevê um ciclo contínuo de desenvolvimento positivo, que é restaurativo e regenerativo por princípio, eliminando a noção de resíduos e mantendo produtos, componentes e materiais ao seu mais alto nível de valor e utilidade o tempo todo. “Não estamos desencorajando o consumo; estamos apresentando formas mais positivas de produção e consumo, não só para as empresas, que reduzem custos e criam novas fontes de receita, ou para o meio ambiente, mas para o sistema como um todo, para que possa funcionar no longo prazo”, defende Webster.

Nesse sentido, há também novos modelos de negócio que estabelecem uma nova dinâmica na relação do consumidor com o bem físico. A partir dela, em vez de se comprar produtos, adquire-se acesso ao benefício proporcionado pelo produto, ou seja, em vez de adquirir um aparelho de ar condicionado, o consumidor compra um número de horas de climatização. O equipamento é da empresa, assim como toda a manutenção regular necessária para oferecer o serviço de qualidade e o melhor reaproveitamento de suas peças e componentes. “É um modelo muito mais flexível e faz com que a empresa reveja a concepção do seu produto, afinal, ele permanecerá como ativo de seu patrimônio”, complementa Ometto. Ele cita exemplos como as máquinas fotocopiadoras – hoje se compra quantidade de cópias reprográficas e não mais equipamentos e suprimentos; a Rolls-Royce, que não vende mais turbina para aviões, vende horas de voo; e a Airbnb, uma organização que oferece maior número de aposentos e acomodações temporárias, no mundo, sem ter construído um prédio; usando apenas quartos de pessoas que decidem compartilhar seus espaços. “É uma nova forma de negócio, que passa por mudanças culturais que agrega valor sistêmico, reduz as externalidades negativas e promove a máxima eficiência dos recursos e eficácia do sistema”, completou. 

De acordo com levantamento da EMF, em parceria com a consultoria McKinsey & Company, a Europa poderá gerar  1,8 trilhão de euros em benefícios adicionais até 2030, caso os avanços da revolução digital sejam aproveitados na transição para uma economia circular. Em cadeias de valor globais, modelos circulares para o setor de bens de consumo não duráveis poderiam ocasionar reduções em custos de materiais na ordem de US$700 bilhões.

Programa CE100 Brasil

A Fundação Ellen MacArthur criou o Programa Circular Economy 100 (CE100) para apoiar empresas, governos e cidades no aproveitamento das oportunidades relativas ao tema.

No Brasil, o programa foi lançado em outubro do ano passado, como estratégia de expansão geográfica, sendo o primeiro escritório fora da Europa. A líder da rede CE100 Brasil, Luísa Santiago, explica que, desde que a Fundação foi criada, em 2010, o conhecimento de economia circular avançou bastante no continente europeu, com as características de uma economia escassa em recurso naturais, muito abundante em consumo e serviço e com baixos níveis de gap de desenvolvimento. Por se tratar de uma transição global, faltava então uma realidade diferente, que fosse agregar novos elementos ao conceito. E o Brasil tinha exatamente esse sistema em contraponto: uma economia abundante em recursos naturais, baseada em manufatura e muito focada em setores lineares, com indústria de base e extrativa. Outra característica muito interessante para a evolução do conceito, foi o fato de haver manufatura e consumo em um mesmo ambiente.

A USP também passa a integrar essa rede multistakeholders, na qual as empresas funcionam como laboratório vivo de práticas, de modelos de negócios e de captura de geração de valor e a academia participa como um grande ativo de conhecimento técnico e cientifico que vai alimentar esse fluxo. “É uma parceria ganha, ganha, ganha, ganha. Ganha a universidade, ganha a Fundação, ganha a rede e seus players e ganha a sociedade, que tem esse ator de relevância do conhecimento aplicado. “ afirma Luísa.

Hoje a CE100 Brasil tem 18 membros efetivos, sendo 15 empresas, duas instituições afiliadas (CEBDS e Sistema B) e a USP. O objetivo é chegar a 100 organizações.

O diretor de Inovação da EMF acredita que os princípios da economia circular trarão significativos benefícios para a realidade brasileira, possibilitando a captura de oportunidades; à adoção de fonte de energia renovável, possibilitada pelas características do país, e à promoção da diversidade, ou seja, encorajamento para o empreendedorismo, inovação e modelos mais resilientes.

Atualmente, são parceiros globais da Fundação: Cisco, Google, H&M, Intesa Sanpaolo, NIKE Inc., Philips, Renault e Unilever. Outras informações podem ser consultadas no site: www.ellenmacarthurfoundation.org ou na fanpage da EMF Brasil.

Por: Edmilson Luchesi
Fotos: Keite Marques

Imagens relacionadas:

publicidade
1
2
3
4
5
slide


:: Últimas Notícias
Santa Casa de São Carlos começa atendimentos em centro de campanha
A Santa Casa de São Carlos começa a oferecer atendimento neste sábado, 21 de março, no Centro de Campanha montado para atender casos respiratórios menos graves e ...
Prefeitura de São Carlos determina fechamento dos estabelecimentos comerciais
O prefeito Airton Garcia assinou na tarde desta sexta-feira (20/03) o Decreto Nº 140, com base na Lei Federal que lhe confere poderes para enfrentamento de emergência de saúde, ...
Operação Alvorada
Na ocasião os atiradores puderam colocar em prática as técnicas envolvendo, marchas e estacionamentos (12Km ida e 16 km de volta), acampamento com bivaque, transporte de feridos, ...
Pesquisa analisa produção de compostos medicinais derivados de plantas
Um estudo desenvolvido por pesquisadores do Centro de Ciências Agrárias (CCA) do Campus Araras da UFSCar analisou os principais avanços e desafios na produção, em ...
UFSCar ganha prêmio em competição internacional de Biologia Sintética
Uma equipe multidisciplinar, formada por integrantes da UFSCar e de outras instituições, investiu esforços para desenvolver as bases teóricas e experimentais capazes de ...
SINDSPAM – Metalúrgicos celebram convênio para uso do Clube de Campo e Colônia de Férias
O Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos (SINDSPAM), fechou mais um convênio que garantirá mais lazer, diversão e ...
Definido horário especial do comércio para o mês de Dezembro 2019
A Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) divulga o horário de funcionamento do comércio de rua (centro e bairros) para o mês de ...
Resumo da sessão plenária de terça-feira, 26 de novembro 2019
Na 38ª sessão ordinária do ano, a Câmara Municipal  aprovou por unanimidade nesta terça-feira (26), quatro projetos de lei em regime de urgência ...
Lei de Julio Cesar que garante cesárea por opção da gestante é aprovada na Câmara
A Câmara Municipal de São Carlos aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (26), uma lei de autoria do vereador Julio Cesar (PL) que garante à parturiente a possibilidade ...
Censo para contabilizar população em situação de rua começou nesta terça
A Secretaria de Cidadania e Assistência Social iniciou nesta terça-feira (26/11), um censo da população em situação de rua para conhecer as pessoas que vivem ...
Passarelas da região do SESC são inauguradas oficialmente
A Prefeitura de São Carlo, por meio da Secretaria de Obras Públicas, inaugurou oficialmente na tarde desta terça-feira, dia 26 de novembro, as passarelas de concreto ...
7º Hallel São Carlos e Festa do Padroeiro acontece em novembro 2019
Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação e Imprensa da Diocese de São Carlos O Hallel São Carlos 2019 acontecerá nos dias 01, 02, 03 e 04 de novembro na ...
EMEB Maria Ermantina Carvalho Tarpani realiza Festa da Família neste sábado (24)
A escola municipal "EMEB Maria Ermantina Carvalho Tarpani" vai realizar nesse sábado (24/08) a Festa da Família. A escola também comemora o aniversário de 21 ...
Circo Tihany apresenta amanhã (21/08), um pocket show na Santa Casa de São Carlos
O Circo Tihany Spectacular promove um pocket show do espetáculo AbraKdabra, amanhã, quarta-feira dia 21, à partir das 14h, no Hospital Irmandade da Santa Casa de ...
Confira a localização dos Radares Móveis de Velocidade desta quinta-feira (01/08/2019)
Nesta quinta-feira (01/08/2019), a fiscalização eletrônica de velocidade estará nos seguintes pontos: Radar 1 - Av Henrique Gregori (Bairro/Shopping) 60 km/h Radar 2 - Av ...
“Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw” estreia nos cinemas de São Carlos
A partir desta semana os cinemas de São Carlos exibirão o filme "Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw", confira abaixo a ficha completa do filme: Velozes & Furiosos: ...
400 contribuintes já aderiram ao novo REFIS 2019
A Prefeitura de São Carlos já está com R$2,2 milhões de adesão por meio do Programa de Recuperação Financeira (Refis) 2019, sendo que R$700 mil ...
Homologada licitação para reforma da piscina e vestiários do CEMEI Cônego Manoel Tobias
A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Educação, vai fazer a reforma completa da piscina e vestiários do Centro Municipal de Educação Infantil ...
Regina Dias, Rodrigo Zanc e André de Souza apresentam Misturando Estações nesta quinta no Teatro Municipal de São Carlos
Os cantores de Regina Dias, Rodrigo Zanc e André de Souza, acompanhados dos músicos Murilo Barbosa (piano), Rodrigo Lancelotti (violão & guitarra), Ricieri Nascimento (baixo) ...
Casa do Trabalhador em São Carlos possui vagas de emprego disponíveis nesta quarta-feira (31/07/2019)
A Casa do Trabalhador de São Carlos oferece vagas de emprego imediato para quem não tem ou quer mudar de emprego. Para concorrer a vaga é necessário a ...
pesquisar notícias + MAIS NOTÍCIAS


Relação de Feriados e Pontos Facultativos
:: Eventos/Agenda
:: Mais lidas
» Publicidade





 
 

indique nosso site

adicione em seu Favoritos

defina como sua página inicial

| QUEM SOMOS | PUBLICIDADE | FALE CONOSCO | PRIVACIDADE | REGRAS |

| BLACK FRIDAY PROMOÇÕES | DIA DO CONSUMIDOR PROMOÇÕES | CYBER MONDAY PROMOÇÕES |
| BOXING DAY PROMOÇÕES | BLACK DECEMBER PROMOÇÕES |
| GERADOR DE CUPONS |

São Carlos Oficial é um serviço desenvolvido e oferecido por StrZero Soluções Digitais.

Copyright© 2020 - StrZero Soluções Digitais.
Todos direitos reservados. All rights reserved.